02/02/2021

Como saber se meu nome está sujo e como faço para limpar?

Seu nome está limpo na praça? Reza a lenda que os comerciantes se reuniam nesse espaço para listar quem pagou e quem não pagou as compras. 

Hoje as coisas mudaram um pouco, mas o termo “nome sujo” e suas consequências continuam. 

No Brasil, temos mais de 60 milhões de pessoas negativadas hoje, por isso é importante descobrir se o seu CPF não faz parte dessa realidade.

Infelizmente muitas pessoas nem sabem se o nome está sujo e passam anos com essa restrição desconhecida, com a “sujeira escondida debaixo do tapete”.

Para saber se o seu CPF está nessa situação e como fazer para limpar seu nome, continue lendo este texto!

O que significa ter o nome sujo?

“Nome sujo” é a forma popular para explicar que alguém comprou e não pagou e está com o nome negativado. Isso significa que nos serviços de proteção ao crédito, como Serasa, SPC e SCPC, seu CPF está com dívidas em atraso listadas e isso será levado em conta na hora de uma análise de crédito feita por instituições financeiras.

Seu CPF está limpo?

Como o nome fica sujo?

O seu nome corre o risco  de ficar sujo quando você atrasa qualquer conta, seja a de luz, de água ou da fatura do cartão de crédito. Com um dia de inadimplência o credor já pode mandar seu CPF para os serviços de proteção ao crédito.

Entretanto, a restrição do seu nome não é automática. Você como devedor tem o direito de ser avisado. O Serasa, SPC ou SCPC deverão te notificar e você tem 10 dias para quitar ou negociar a dívida em atraso. Se isso não ocorrer, aí sim o nome fica sujo.

Nosso conselho para evitar que você não fique sabendo da negativação é deixar seus dados pessoais atualizados na instituição financeira e no serviço de proteção ao crédito.

Quais problemas o nome sujo pode me trazer?

Sabemos que estar com o nome sujo não é um bom sinal e tem suas consequências. Mas quais são elas exatamente? Aqui estão as principais:

  • abrir uma conta-corrente ou conseguir um novo cartão de crédito pode ser dificultado, além de que nas contas ativas o cheque especial e talões de cheques podem ser cancelados;
  • você pode ter empréstimos negados;
  • será difícil fazer qualquer tipo de financiamento, seja de carro, imóvel ou outros bens.

Como saber se meu nome está sujo?

Para saber se o seu nome está sujo, é preciso consultar seu CPF nos serviços de proteção ao crédito. Recomendamos que você faça a consulta nos 3 principais serviços, já que eles listam dívidas de diferentes origens. 

Serasa

No Serasa, com um cadastro simples e gratuito no aplicativo ou no site, você poderá conferir a lista de dívidas negativadas das empresas parceiras e seu score de crédito.

Para ter acesso a informações completas, é preciso pagar pelo plano “Me proteja”, com mensalidades a partir de R$10. 

Outra opção é a consulta presencial nas agências do Serasa, basta conferir a mais próxima de você. Porém, elas podem estar suspensas no momento por conta do coronavírus.

SPC

Você pode fazer sua consulta pelo portal do SPC Brasil. Porém, ela é paga, mas fornece dados de diferentes birôs, protestos em cartório, registro de cheques, consultas ao seu nome nos últimos 6 meses e contratos concedidos.

Outra opção é a consulta gratuita presencial em balcões de atendimento presenciais, confira o mais próximo de você no site.

Boa Vista SCPC

Para consultar seu CPF no Boa Vista SCPC, o serviço mais antigo do Brasil, você só precisa fazer um cadastro rápido e grátis no site ou aplicativo do Consumidor Positivo

Ele é o único que oferece a consulta completamente de graça, já que nos outros é preciso pagar um valor para ter acesso a informações extra.

Você pode consultar o CPF presencialmente nos postos de atendimento do Boa Vista, é só achar o local mais próximo de você. Entretanto, devido à pandemia, esses atendimentos estão suspensos.

Outra possibilidade para conferir os dados de inadimplência do Boa Vista é pelo aplicativo de controle financeiro Guiabolso.

Meu nome está sujo, e agora?

Consultou seu CPF e descobriu uma dívida negativada? É hora de respirar fundo e dar o primeiro passo: descobrir do que se trata a dívida.

Reconheço a dívida

Se você reconhece a sua dívida, é hora de entender qual o saldo devedor atual, a taxa de juros e há quanto tempo ela está em atraso. A partir disso, você irá criar seu plano de ação para quitar ela.

Nome negativado indevidamente

Desconhece ou discorda da dívida? Recomendamos entrar em contato com o credor para entender do que se trata e obter os detalhes do contrato. 

Se a negativação realmente for indevida e o credor não regularizar a situação, você tem o direito de entrar com uma ação de indenização por danos morais.

O que fazer para limpar o nome?

O que fazer para limpar meu nome?

Para limpar seu nome, existem duas opções: pagar o total do que você deve ou negociar a sua dívida.

A QuiteJá pode te ajudar nesse segundo caso. Negociamos dívidas online de empresas parceiras com descontos e condições melhores para o seu bolso, tudo de forma segura e sem chateação.

Após a baixa do pagamento da parcela única ou da primeira parcela do acordo feito, o credor irá retirar seu nome dos serviços de proteção ao crédito em até 5 dias úteis.

O que acontece com a dívida após 5 anos?

“Ela caduca e não preciso mais pagar ela”. Errado. Após cinco anos, a dívida prescreve, o que chamamos popularmente de caducar. Mas diferente do que o senso comum diz, apesar dela sair de negativação, ela não deixa de existir.

É importante pagar dívidas caducas porque elas ainda constarão no seu histórico financeiro e causam restrições internas com a instituição para a qual você ficou devendo. E ela pode sim ser cobrada de forma amigável.

Como nunca mais ter o nome sujo?

Quitou as suas dívidas? Nada de dizer “até breve, nome sujo”! Para dizer adeus para a negativação siga essas quatro dicas.

Nunca empreste o CPF ou nome

Seu CPF e nome nunca deve ser usado por outras pessoas. Deixar as contas de alguém no seu nome ou emprestar seu cartão de crédito, por exemplo, pode ser perigoso. 

Caso haja algum atraso no pagamento, quem ficará com o nome sujo é você. Por isso, evite ao máximo essa prática.

Se planeje

Fique atento e se planeje para pagar suas contas em dia. Anote as datas de vencimento e saiba as taxas de juros de cada serviço contratado. 

Por exemplo, entrar no cheque especial ou atrasar a fatura do cartão de crédito pode ser um problemão.

Não compre por impulso

Não faça compras por impulso

O controle de gastos é fundamental para manter seu nome limpo. Compras por impulso, que não foram planejadas e não cabem no seu orçamento podem ocasionar um descontrole financeiro e o atraso de alguma conta.

Por isso, pense duas vezes antes de comprar algo, pensando se seu bolso pode comprar aquilo e se você realmente precisa daquilo naquele momento.

Leia as letras pequenas

As letras pequenas de anúncios e contratos geralmente escondem as desvantagens daquele serviço. 

Por isso, na hora de pedir um cartão de crédito, fazer um empréstimo ou financiamento, leia tudinho e entenda muito bem todos os custos envolvidos, tanto tarifas como juros.

Assim, você escolhe modalidades de crédito ou compra bens que você realmente possa pagar, sem correr risco de inadimplência.

Conclusão

Descobrir que seu nome está sujo pode não ser nada agradável, mas não desanime! Dá pra limpar a sujeira debaixo do tapete. Como mostramos, é possível limpar seu nome com a QuiteJá de uma maneira que caiba no seu bolso!

E depois de quitar, lembre-se de mudar seus hábitos e manter as contas em dia para manter seu nome brilhando de limpo.

Sofia Hohmann

Analista de Conteúdo na QuiteJá

Posts Relacionados

Empréstimo pessoal para negativado
Empréstimo pessoal para negativado: quais os tipos e como pedir
Sofia Hohmann | 25/02/2021
Parcelar dívidas ou pagar à vista? O que vale mais a pena?
Parcelar dívidas ou pagar à vista: o que vale mais a pena?
Sofia Hohmann | 23/02/2021
Paguei um boleto falso, como faço para recuperar o dinheiro?
Paguei um boleto falso, como faço para recuperar o dinheiro?
Sofia Hohmann | 18/02/2021

Deixe o seu comentário!

Ir para o Topo