10/01/2022

Planejamento para compra do material escolar [+9 dicas]

Papais e mamães sabem que na hora de comprar o material escolar as crianças querem sempre produtos personalizados e diferentões. E não podemos culpá-los, afinal, quem nunca ficou encantado ao entrar em uma livraria, não é mesmo?

A compra do material escolar pode gerar ansiedade e estresse. É um tal de “Quero uma mochila do Ben 10” ou então “Eu preciso ter o caderno do BTS”… Um milhão de pedidos ao mesmo tempo. E o pior: nenhum deles é barato.

Mas olha, não precisa pirar com tudo isso não! Com paciência, e com a nossa ajudinha, passar pelas compras pode ser um momento agradável e econômico. Quer ver só? Então vem conferir as dicas que preparamos para você! 

Qual é a melhor época do ano para se comprar material escolar?

Assim como acontece com diferentes tipos de produtos, o momento de maior procura não costuma ser o mais favorável para o seu bolso. Isso significa que a compra de material escolar no começo e no meio do ano não é a melhor opção

O ideal é que a compra seja feita entre esses períodos, assim a procura está mais baixa e os preços também. 

Porém, se você acabou não se atentando a esse fato a tempo, tá tudo bem. Temos várias dicas nesta postagem que podem te ajudar a economizar mesmo nos períodos de preços mais elevados. 

Negocie dívidas com desconto | QuiteJá

Quais são os materiais escolares indispensáveis?

A compra de material escolar costuma ser guiada pela lista que as escolas fornecem. Nessas listas costumam constar a quantidade e o tipo de materiais necessários para que os pequeninos possam realizar atividades durante o ano.

Porém, se você deseja ter uma ideia dos materiais básicos que uma criança usa no ensino fundamental, aqui vão alguns itens indispensáveis:

  • Agenda escolar; 
  • Apontador;
  • Borracha;
  • Cola;
  • Lápis preto;
  • Caixa de lápis de cor;
  • Tesoura sem ponta;
  • Estojo;
  • Cadernos;
  • Régua;
  • Mochila escolar. 

Vale lembrar que todos os colégios têm listas de materiais diferentes que devem ser consultadas pelos pais ou tutores antes das compras, combinado?

O que comprar de material escolar para o ensino médio?

Alunos do ensino médio costumam utilizar menos material escolar do que alunos do fundamental. Para que você tenha uma ideia do que a galerinha costuma usar nessa última fase escolar, esses são alguns itens essenciais:

  • Caderno de 10 matérias;
  • Estojo;
  • Canetas;
  • Lápis preto ou lapiseira:
  • Borracha;
  • Apontador;
  • Régua;
  • Marca texto;
  • Mochila.

A mesma ressalva acima é válida aqui: a lista de material, independente da série, deve ser consultada na escola. Beleza?

9 Dicas para economizar na compra de material escolar

Agora que você já tem uma ideia básica do que a criançada precisa para dar início ao ano letivo, está na hora de descobrir como economizar na compra de material escolar.

Separamos 9 dicas fáceis e práticas para que a sua economia e a alegria dos pequenos seja garantida! Vamos lá:

Dicas para economizar na compra de material escolar | QuiteJá

01. Tenha a lista em mãos

Geralmente, quando fazemos a matrícula ou a rematrícula, já recebemos da escola a lista de materiais para o ano seguinte. É muito importante observar todos os itens que estão sendo pedidos para que você não compre materiais desnecessários. Essa precaução já é o primeiro passo para economizar!

Analise bem todos os itens solicitados, assim já é possível estimar quanto você gastará com as compras. Além disso, só saia às compras com a lista em mãos. Isso garante que você mantenha o foco no que realmente é necessário

02. Fique de olho nos seus direitos

Outra coisa deve ser observada na lista: materiais que não podem ser pedidos pelas escolas. Muitas vezes, as escolas pedem itens como papel higiênico, grande quantidade de folha sulfite ou algodão.

Esses itens são de uso coletivo, ou seja, são materiais compartilhados e não podem ser solicitados na lista de material escolar. Quem garante isso é a Lei nº 12.886.

Por isso, caso haja itens como os mencionados, os descarte do seu orçamento e vamos para a próxima dica!

03. Tente reutilizar materiais escolares

Com a lista em mãos, dê uma vasculhada nos materiais já usados pelo seu pequeno. Ele ainda tem lápis de cor sem estar muito gasto? Régua e esquadro inteiros? Canetas funcionando? Estojo sem furos?

Se sim, tudo isso pode ser reutilizado! 

Caso a criança ou o adolescente não goste da ideia, conversem para que vocês possam chegar a um consenso. Assim, com essa economia, talvez comprar uma bolsa de personagem se torne mais viável, por exemplo. 

04. Prepare-se com antecedência

Durante o ano, se prepare financeiramente. Se possível, guarde um dinheirinho para que você consiga pagar à vista os materiais e não passar sufoco.

Se você for bom de negociação, ainda consegue garantir um desconto das lojas caso pague à vista no dinheiro! Isso acontece porque, geralmente, os lojistas conseguem descontar a taxa que a maquininha de cartão cobra sobre todas as transações.

05. Pesquise os preços em diferentes lojas

Essa é a hora de começar a orçar! O valor dos itens de material escolar variam muito de uma loja para a outra. Por isso é importante pesquisar os valores.

Pesquise em tipos de lojas diferentes: atacado, livrarias, papelarias e lojas de artigos para escritórios. Assim, você consegue encontrar maior variedade de produtos e preços!

06. Compre antes da muvuca

Essa é uma dica de ouro! Todo mundo sabe que quanto mais perto do início do ano letivo, mais as lojas ficam lotadas. E, como já mencionamos, isso influencia nos preços. 

Dessa forma, aqui fica a nossa ressalva: vá às compras o quanto antes, mas com calma. Tire um dia para encarar a missão de comprar o material escolar das crianças e não se dê por vencido até comprar tudo o que falta.

Mesmo que seja um programa cansativo, é muito recompensador financeiramente saber que a sua dedicação garantiu uma economia. Afinal, cada centavo economizado faz diferença! 

Compre material escolar online | QuiteJá

07. Compre material escolar online

Não está afim de encarar uma maratona de livraria em livraria? Tudo bem, a gente entende. Para quem curte compras online, também é possível comprar o material da criançada sem sair de casa.

Essa opção é ótima porque muitas lojas online oferecem cupons de desconto ou descontos progressivos na compra de material escolar. Só lembre-se de verificar se o frete não é muito caro e se o prazo de entrega não ultrapassa o início das aulas.

08. No dia da compra, barganhe com as crianças

Nós conhecemos os nossos pequenos. Sempre fazemos a famosa conversa antes de sair de casa: “Vamos economizar, beleza? Infelizmente eu não tenho dinheiro para comprar tudo”. Eles podem até concordar, mas vão chegar à loja e fazer tudo diferente do combinado.

Mas está tudo bem, afinal, são crianças.

Um jeito legal de convencê-los é barganhar. Antes de sair de casa, já converse com calma e fale: “Vamos combinar? Você vai poder escolher X coisas, beleza?”. E, durante as compras, sempre lembre o combinado.

09. Customização é sinônimo de economia

Todo mundo sabe que, na maioria das vezes, os materiais personalizados com personagens acabam saindo mais caros do que os “tradicionais”. Para não ter choradeira e nem bico no dia da compra, aposte na customização!

Isso significa dar uma cara nova aos materiais mais simples com colagens, adesivos, pinturas, glitter e tudo mais que puder deixar capas de cadernos e objetos do jeitinho que seu pequeno quer. 

Essa dica é legal porque além de te ajudar a economizar, também garante que você passe um tempo brincando com seus filhos

Organização e economiza andam juntos

Depois de todas as nossas dicas já deu para perceber que se organizar garante uma boa economia, certo? Por isso, não hesite em pesquisar valores, criar listas e andar um pouquinho a mais.

Conversar com as crianças e adolescentes sobre esse momento também é muito importante, assim todos ficam a par do valor estimado para a compra do material escolar e ninguém se frustra.

Como dizem: combinado não sai caro! Agora é só colocar nossas sugestões em prática e correr para a economia. Ah, e para ver mais textos com dicas financeiras, dê uma explorada no nosso blog. Vale muito a pena!

QuiteJá

Uma plataforma que nasceu para resolver suas pendências financeiras de maneira segura e sem burocracia. Tem alguma dúvida? Converse com a gente nos comentários!

Posts Relacionados

Meta financeira: o que é, exemplos realistas +5 apps para te ajudar
QuiteJá | 13/01/2022
Ceia de natal simples e barata
Ceia de Natal simples e barata: 6 dicas para economizar
QuiteJá | 22/12/2021
Presente de Natal barato: opções para agradar todo mundo
QuiteJá | 20/12/2021

Deixe o seu comentário!

Ir para o Topo